Do disco "Uma Outra Estação", Comédia Romântica traz com ela, assim como grande parte da temática do disco, uma letra reflexiva. Meio confusa, Comédia Romântica fala sobre amizade e amor, sempre, de um jeitinho Renato Russo. Segue-se abaixo a interpretação:


Acho que só agora eu começo a perceber
Tudo o que você me disse
Pelo menos o que lembro que aprendi com você
Está realmente certo.


Renato diz aqui, que somente nesse instante, ele percebe que as coisas que a terceira pessoa lhe disse, as coisas que ele realmente lembra dela ter dito, está de fato, correta.

Bem mais certo do que eu queria acreditar
Você gosta mesmo de mim
Se arriscando a me perder assim
Ao me explicar o que eu não quero ouvir.


Aqui, vemos que ele percebeu que o amor que a terceira pessoa lhe tinha era muito maior do que ele acreditava, e que ela se arrisca em perdê-lo, dizendo coisas que ele não gostaria de ouvir. 
Ainda não estou pronto pra saber a verdade
Ou não estava até uma estação atrás.


Aqui, completa o que foi dito. Ela se arriscava dizendo coisas que ele não gostaria de saber, e aqui, ele diz que não estava preparado para essa "verdade" que ela dizia. Diz que não está pronto e que não estava ainda "na estação passada", ou seja, não estava fazia um tempo.
Acho que só agora eu começo a ver
Que tudo que você me disse
É o que você gostaria que tivessem dito pra você


Aqui, vemos a crítica que ele deixa.
Se diz que todas as palavras que a terceira pessoa lhe disse, eram as palavras que ela gostaria de ter recebido. Ela dava pra poder ter, e muitas vezes não tinha.
Se o tempo pudesse voltar dessa vez.
Sou eu mesmo e serei eu mesmo então
E não há nada de errado comigo, não
Não, não, não


Renato aqui, diz que não mudará, continuará o mesmo, e sobre a música deixou o comentário: ""Valeu a intenção, mas eu sou desse jeito mesmo, não há muita coisa a se fazer". É exatamente isso. Ele não mudaria porque sabia que não estava errado.

Não preciso de modelos, Não preciso de heróis
Eu tenho meus amigos, E quando a vida dói
Eu tento me concentrar, N'um caminho fácil
Sou eu mesmo e serei eu mesmo então
E eu queria que o tempo
Pudesse voltar dessa vez


Renato deixa sua mensagem final dizendo que não precisa de modelos (coisas corretas), nem heróis, que ele tem seus amigos, e que quando sua vida se torna difícil, tenta se concentrar num caminho fácil.
Completa dizendo que é ele mesmo, e continuará sendo o mesmo, e que gostaria que o tempo pudesse voltar (talvez pra melhorar a situação).



Interpretado e analisado por: Eduardo Rezende


4 comentários to "Interpretação: Comédia Romântica"

Postar um comentário

Comentem aqui o que acharam ou o que pensam sobre!